sábado, 27 de março de 2010

Hora do Planeta 2010 - O CEPRO apoia esta ideia


O número de adesões à Hora do Planeta no Brasil está sendo ampliado cada vez mais. Capitais como Rio de Janeiro, São Paulo, Vitória, Recife, Goiânia, Belém, São Luís e muitas outras se juntam a municípios das regiões metropolitana e interior nos estados das cinco regiões brasileiras.
As cidades irão apagar as luzes de seus monumentos, num gesto simbólico, como forma de mostrar ao mundo a preocupação com o desmatamento, a degradação dos ecossistemas e as mudanças climáticas.
Mais de 2.500 cidades em 120 países de norte a sul no planeta também participarão da Hora do Planeta. No Brasil, 1.506 empresas e 249 organizações estão apoiando a Hora do Planeta 2010, que é liderada pelo WWF-Brasil, com o patrocínio da Coca-Cola Brasil, Walmart Brasil, TIM e HSBC.
Em Brasília, a Frente Parlamentar Ambientalista, que reúne deputados e organizações que defendem o meio ambiente, anunciou sua adesão à Hora do Planeta 2010 nesta quarta-feira (24/3).
O superintendente de Conservação do WWF-Brasil, Claudio Maretti, fez a apresentação sobre o movimento de mobilização da sociedade aos mais 20 parlamentares presentes.
Neste Ano Internacional da Biodiversidade, o WWF-Brasil chama a atenção para a necessidade de conservação da natureza. O país é o terceiro maior emissor de gases de efeito estufa no mundo, principalmente por causa do desmatamento. Sendo assim, destacam-se a importância da conservação dos ecossistemas terrestres e aquáticos, em especial das florestas, e a defesa do Código Florestal brasileiro.
Rio das Ostras também aderiu à Hora do Planeta 2010, e o CEPRO apoia e indica esta ação simbólica, mas de grande importância real para o Meio Ambiente. E com certeza o nosso planeta agradece!


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

quinta-feira, 25 de março de 2010

ECONOMIA SOLIDÁRIA EM DEBATE - Eu pratico!


O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – participou da 1ª Feira Mundial de Economia Solidária e do Fórum Social de Economia Solidária, de 22 a 29 de janeiro de 2010, que aconteceram no Fórum Social Mundial (FSM) 2010. Destacamos as oficinas autogestionárias com os movimentos sociais, tendo como tema gerador o “TRABALHO DIGNO”. O evento conta com uma larga programação: palestras, debates, encontros, mesas e comercialização de produtos.
Muito mais do que interar saberes diversos, historicamente o FSM tem sido um ambiente para a organização dos movimentos sociais e renovação de experiências em seus campos de atuação. A atualização de práticas solidárias em áreas como cultura, economia e comunicação são eixos dessa integração. Um rico campo de intercâmbio, união e revitalização de experiências locais através da troca de conhecimento sobre modelos desenvolvidos em todo mundo.
A economia solidária é uma componente que busca “re-inserir” um segmento excluído da economia formal, abrindo oportunidades para gerar força para economia, isto quer dizer, a roda da economia.
Neste sentido, estamos considerando aqui como “economia solidária” toda iniciativa econômica que incorpora associados(as) em torno dos seguintes objetivos/características: caráter coletivo das experiências, generalização de relações de trabalho não assalariadas, o exercício do controle coletivo do empreendimento, e inserção cidadã nas iniciativas como respeito ao indivíduo e ao meio ambiente.
Infelizmente, não podemos nos furtar de pontuar alguns elementos que permitam reflexão sobre o tema, que permitam explicitar algumas hipóteses. Avaliar as políticas públicas em torno desta demanda significa criar mecanismos de formação para essa nova cultura e ao mesmo tempo subsidiar a existência da mesma. Criar uma cultura autogestionária entre aqueles e aquelas que buscam uma alternativa empreendedora.
Dentre os nossos desafios, os maiores talvez sejam nossos governantes e suas formas de governar. Nossos governantes, historicamente, se lembram do povo apenas em período eleitoral. Precisamos que: os nossos governantes falem menos e façam mais; passem dos discursos para a prática; e que sejam menos demagógicos e mais comprometidos.
Por fim, reafirmamos o compromisso de levar através da OFICINA DE ARTE E RECICLAGEM, a conscientização e dentro de uma perspectiva associativa e solidária, embasados sobre o princípio da cooperação, autogestão, sustentabilidade socioeconômica e ambiental, visa oportunizar a geração de trabalho e renda em comunidades no município de Rio das Ostras.
Nossa proposta busca articular mulheres: donas de casa, estudantes, desempregadas etc., pois avaliamos que são com essas experiências que alteramos profundamente suas vidas e de suas comunidades. Para as mulheres, significa mais possibilidade de autonomia e romper com o papel e o lugar desvalorizados e invisíveis reservados a elas.
Através desta ação convidamos você assumir uma postura mais ativa e consciente.

CAMPANHA DO CEPRO – EU PRATICO ECONOMIA SOLIDÁRIA.

Seja um(a) multiplicador(a) desta ideia!


Profª Guilhermina Rocha
Especialista em Educação e Historiadora
Presidente do CEPRO
Colunista do Jornal Razão - Rio das Ostras
Email: guilherminarocha@ig.com.br


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
E-mail: cepro.rj@gmail.com
Blog: http://cepro-rj.blogspot.com
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

quarta-feira, 24 de março de 2010

CULTNE - Acervo Digital sobre a Cultura Negra



O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – indica como importante ferramenta de pesquisas o sítio http://www.cultne.com.br. Este espaço foi desenvolvido com o objetivo de ampliar e disseminar relevantes informações utilizando as possibilidades e potencialidades de tais tecnologias digitais, como a internet, os vídeos digitalizados, entre outras.

Na fala da própria equipe do sítio CULTNE Acervo Cultural Digital da Cultura Negra trata-se de “um projeto em sintonia com seu tempo”.

Acesse e confira!


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

segunda-feira, 22 de março de 2010

Fórum Social Urbano 2010 - Rio de Janeiro



Movimentos sociais e organizações de habitantes convidam para o Fórum Social Urbano 2010 (Rio de Janeiro, Brasil 22 a 26 de março de 2010). Nos bairros e no mundo, em luta pelo direito à cidade, pela democracia e justiça urbanas.
Em março de 2010, a cidade do Rio de Janeiro irá receber o V Fórum Urbano Mundial. Organizado a cada dois anos pela Agência Habitat da Organização das Nações Unidas (ONU), a expectativa é que este ano o encontro reúna cerca de 50 mil pessoas de todo o mundo.
O objetivo do Fórum Social Urbano (FSU) é o de possibilitar o diálogo, a troca de experiências, a expressão da diversidade e o fortalecimento das articulações de movimentos sociais e organizações do mundo inteiro.
O FSU se coloca também como uma oportunidade única para desvendar a verdadeira cidade que procuram esconder atrás dos muros e tapumes, assim como atrás dos discursos sobre cidades globais com os quais muitos governos justificam investimentos bilionários em grandes eventos de marketing urbano. Neste sentido, os movimentos e organizações anfitriãs pretendem oferecer aos participantes internacionais e nacionais a possibilidade de conhecer um Rio de Janeiro que não está nos cartões postais nem na propaganda oficial, um Rio de Janeiro injusto e feio, mas que é também rico de resistência e criatividade popular.
De 23 a 26 de março de 2010, em paralelo às atividades do Fórum Urbano Mundial estarão se realizando as atividades do Fórum Social Urbano (FSU). Com painéis e debates em torno a 4 Eixos: Violências Urbanas e Criminalização da Pobreza; Megaeventos e a Globalização das Cidades; Justiça Ambiental na Cidade; Grandes Projetos Urbanos, Áreas Áreas Centrais e Portuárias; além de muitas outras atividades.
As atividades do FSU ocorrerão no espaço do Centro Cultural da Ação da Cidadania Contra a Fome, à Rua Avenida Barão de Tefé, nº 75, bairro Saúde.
Trata-se de armazém portuário edificado em 1871, restaurado em 2002, que hoje acolhe eventos políticos, artísticos e culturais. O espaço tem 14.000 m2, oferecendo amplas condições para a realização de várias atividades simultâneas, colocação de banquinhas, etc.
Maiores informações: E-mail: comunicacaofsu@gmail.com


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

Dia Mundial da Água


No momento em que se comemora o Dia Mundial da Água, 22 de março, uma informação deixou o mundo atônito. A população mundial está poluindo os rios e oceanos com o despejo de milhões de toneladas de resíduos sólidos por dia, envenenando a vida marinha e espalhando doenças que matam milhões de crianças todo ano, de acordo com um relatório da ONU.
"A quantidade de água suja significa que mais pessoas morrem atualmente por causa da água poluída e contaminada do que por todas as formas de violência, incluindo as guerras", disse o Programa do Meio Ambiente das Nações Unidas (Unep, na sigla em inglês).
Em um relatório intitulado "Água Doente", lançado para o Dia Mundial da Água nesta segunda-feira, o Unep afirmou que 2 milhões de toneladas de resíduos, que contaminam cerca de 2 bilhões de toneladas de água diariamente, causaram gigantescas "zonas mortas", sufocando recifes de corais e peixes.
O resíduo é composto principalmente de esgoto, poluição industrial e pesticidas agrícolas e resíduos animais.
Segundo o relatório, a falta de água limpa mata 1,8 milhão de crianças com menos de 5 anos anualmente. Grande parte do despejo de resíduos acontece nos países em desenvolvimento, que lançam 90% da água de esgoto sem tratamento.
A diarreia, principalmente causada pela água suja, mata cerca de 2,2 milhões de pessoas ao ano, segundo o relatório, e "mais de metade dos leitos de hospital no mundo é ocupada por pessoas com doenças ligadas à água contaminada."
"Se o mundo pretende sobreviver em um planeta de 6 bilhões de pessoas, caminhando para mais de 9 bilhões até 2050, precisamos nos tornar mais inteligentes sobre a administração de água de esgoto", disse o diretor da Unep, Achim Steiner. "O esgoto está literalmente matando pessoas."
O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – já promoveu em evento passado o cuidado com as fontes de água em nossa região. Rios importantes como o Jundiá e o próprio Rio das Ostras sofrem impactos diretos por atitudes indevidas de populações em suas margens, ocupação desordenada, despejo ilegal de detritos líquidos e sólidos.
O Dia Mundial da Água, 22 de março, deve ser encarado como o ponto de partida para uma prática mais auto-sustentável.


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

sábado, 20 de março de 2010

Contação de Histórias



O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras convida para o Projeto Contação de Histórias que será realizado neste sábado, dia 20 de março de 2010, às 16:00 horas.Venha e participe!
Aproveitando este nosso projeto tão querido, queremos relembrar que no dia 20 de março é comemorado o Dia Internacional dos Contadores de História, data reconhecida mundialmente desde 1991. Pedimos uma salva de palmas para estes importantes amigos que nos ajudam nesta tarefa de grande prazer, que é alegrar mentes e corações de crianças, jovens e adultos que nos visitam. São eles, os Anjos Contadores de História. André e Jonathan.




CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras






Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Residencial Praia Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
E-mail: cepro.rj@gmail.com
Blog: http://cepro-rj.blogspot.com
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

sexta-feira, 19 de março de 2010

Artigo: E agora José? O Petróleo é nosso?!


Os prefeitos fluminenses dos municípios produtores de petróleo realizaram uma ofensiva contra as mudanças na distribuição do benefício, incluídas no projeto de lei do Pré-Sal. A mobilização tem como objetivo protestar contra a emenda constitucional nº 387 proposta pelos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB/RS) e Humberto Souto (PPS/MG), que prevê a distribuição dos royalties do petróleo segundo os critérios do fundo de participação dos estados (FDE) e municípios (FPM).
Para os prefeitos a aprovação dessa emenda implicará uma falência econômica e administrativa nas cidades. Além deste questionamento, eles alegam que esta emenda viola a Constituição Federal, pois fere o direito adquirido dos municípios e consequentemente a sua aprovação poderá criar riscos jurídicos no novo marco regulatório.
O líder do governo, Cândido Vaccarezza (PT-SP), atribuiu a derrota na votação sobre os recursos do petróleo a "paixões eleitorais". A Câmara aprovou na noite de quarta-feira (10 de março) uma emenda redividindo os recursos da exploração de petróleo entre todos os estados e municípios de acordo com critérios dos Fundos de Participação. Há uma estimativa de que o estado do Rio de Janeiro perca R$ 4,8 bilhões por ano com a medida. A emenda faz parte do projeto sobre o marco regulatório do pré-sal e será analisado ainda pelo Senado. "Essa emenda foi aprovada por paixões eleitorais. Ela é inconstitucional porque altera contratos vigentes e a lei não pode alterar contratos entre a União e os estados e a União e os municípios. O presidente Lula não terá alternativa e terá que vetar essa emenda", afirmou o líder do governo. Para Vaccarezza, o período eleitoral não vai constranger o presidente Lula na hora de vetar a emenda, se ela for mantida no Senado. "A prática do presidente Lula é de não se basear em eleição para governar. O projeto, quanto veio para a Câmara, o governo não tinha colocado a questão dos royalties".
O debate sobre o tema é complexo e bastante divergente sobre a aplicação dos royalties e das participações especiais no caso dos estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Vários municípios do Brasil mobilizaram – se para defender parte na fatia do bolo. Agora, após a votação na Câmara, que será encaminhada para o Senado e posteriormente sancionada ou vetada pelo Presidente Lula. Aguardamos cenas dos próximos capítulos.
Lamentamos que essa discussão só esteja sendo feita no momento de crise. Uma discussão de grande valia para toda população. Afinal, embora houvesse exploração de petróleo em mar, no Brasil, desde 1969, o pagamento de royalties a municípios só foi prevista pela lei em 1985 (lei 7.453), potencializada a partir de 1997.
A ausência de debates e participação na definição das regras sobre a aplicação destes recursos, ou melhor, quaisquer recursos, acabam não possibilitando o envolvimento de todos no momento de divisão.
Neste sentido, é fundamental que possamos construir mecanismos como espaços de formação e conscientização sobre temas de interesse de nossa população.
Apesar da votação é necessário pensarmos o que efetivamente esta fonte de energia, não renovável, pode contribuir para a melhoria de condições de vida de nosso povo.
Infelizmente, a sociedade pouco intervém sobre os mecanismos de controle social da aplicação dos royalties, como o acompanhamento sobre os investimentos e a sua aplicação, onde deveriam estar constituídas nos marcos regulatórios. Com isso, possibilitando a oferta de água, saneamento, investimento na educação, saúde e no desenvolvimento sustentável.
Por isso, mais uma vez, o CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – se incorpora na Campanha Nacional pela Defesa do Petróleo – como um instrumento de desenvolvimento social, sustentável e humano. No último dia 16 de março, o CEPRO promoveu um debate sobre a atual crise após a exibição do documentário “O Petróleo tem que ser nosso”.
Como presidente do CEPRO, que tem nos direitos humanos um dos seus pilares de atuação, venho me solidarizar com todos(as) aqueles(as) que mantêm a utopia por um mundo melhor, sem violência, sem discriminação e sem exclusão, de qualquer espécie.
Precisamos defender efetivamente os interesses do povo e esta é a nossa opção.

Profª Guilhermina Rocha
Especialista em Educação e Historiadora
Presidente do CEPRO
Colunista do Jornal Razão - Rio das Ostras


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

quarta-feira, 17 de março de 2010

Mostra Ambiental de Cinema - Cine Pesca



O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – tem o prazer de indicar a Mostra de Cinema Ambiental – Cine Pesca, que ocorrerá nesta sexta-feira, dia 19 de março, às 18:30 horas.
Serão exibidos diversos filmes que tem como tema principal: os pescadores e suas particularidades.
Local: Praia do Cemitério. Boca da Barra. Ao lado do Restaurante Casa da Praia.
Maiores informações: (21) 9158-5764 ou E-mail: observatorio@humanomar.com.br

Apoio: Observatório Ambiental Humanomar e Abaeté Estudos Socioambientais.


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras

Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

domingo, 14 de março de 2010

O petróleo tem que ser nosso - Última fronteira



O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – tem o prazer de convidar para a apresentação do documentário “O Petróleo tem que ser nosso – Última fronteira”. A apresentação faz parte do Projeto Vídeo e Debate e será realizada no dia 16 de março de 2010, às 19:00 horas na sede do CEPRO.
Endereço e contatos no final desta postagem.

CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

terça-feira, 9 de março de 2010

1ª Mostra de Artesanato Solidário - Tocolândia Rio das Ostras



O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – tem o prazer de convidar para a 1ª Mostra de Artesanato Solidário que será realizada no Shopping Tocolândia, nos dias 11 a 14 de março de 2010, das 14:00 horas às 22:00 horas.
A mostra contará com a participação de artesãos de Rio das Ostras e região que poderão expor seus trabalhos, aproveitando a infra-estrutura da Tocolândia para comercializá-los. Além da venda de produtos artesanais. A Mostra servirá como um espaço coletivo integrando experiências e vivências pessoais. Oficinas e atividades gratuitas estão programação deste importante evento.
O CEPRO também participará da Mostra expondo os trabalhos das alunas da Oficina de Arte e Reciclagem, um de nossos concorridos projetos.

O Shopping Tocolândia fica na Rua Ney Cardoso, 771 – Costa Azul
Telefone para contato: (22) 2771-5018.


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

segunda-feira, 8 de março de 2010

O CEPRO tomou posse no Conselho Municipal de Meio Ambiente de Rio das Ostras



O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – apresenta os novos conselheiros municipais de Meio Ambiente de Rio das Ostras, gestão 2010-2011.
O conselho composto agora por 17 membros, de entidades civis, técnicas e municipais, foi ampliado como forma de fortalecer a gestão participativa.
De acordo com Max Almeida, Secretário de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca e presidente do conselho, o foco do Conselho Municipal de Meio Ambiente será as questões levantadas pela Conferência Municipal, como licenciamento ambiental, código de limpeza urbana e a questão da ocupação territorial da cidade.
O grupo também será dividido em câmaras técnicas, que irão debater assuntos específicos de forma mais detalhada e positiva, ainda de acordo com o presidente do Conselho.
A composição do Conselho é a seguinte: Renascer, Associação de Moradores do Peroba e Casa Grande, Sindicato dos trabalhadores rurais, Mero, Projeto Pólen, SINDSERV, SINPRO. Além desses, participam os órgãos técnicos da Reserva Biológica União (Rebio), OAB, Emater e PURO-UFF e as secretarias municipais de Meio Ambiente, Obras e Urbanismo, Educação e Procuradoria.
O CEPRO também tem o prazer de configurar entre os grupos e entidades participantes deste Conselho.



CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

domingo, 7 de março de 2010

Conversa com Mulheres



O CEPRO – Centro Cultural de Educação Popular de Rio das Ostras – tem o prazer de convidar para o evento Conversa com Mulheres em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O evento será realizado no dia 12 de março de 2010, às 18:30 horas, no Auditório do Pólo Universitário de Rio das Ostras da Universidade Federal Fluminense (PURO-UFF).
Além do CEPRO, a atividade contará com a participação do Sindicato dos Servidores de Rio das Ostras (SINDSERV-RO), do Sindicato dos Professores Macaé e Região (SINPRO MACAÉ), do Fórum Intersetorial e Interdisciplinar de Políticas Públicas de Rio das Ostras e dos Cursos de Serviço Social, de Enfermagem e de Psicologia do PURO-UFF.
Serão discutidos diversos temas relacionados aos direitos e demandas das mulheres em Rio das Ostras, no estado e no país.

Endereço do PURO-UFF é Rua Recife, s/n, Jardim Bela Vista, Rio das Ostras.


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ

sexta-feira, 5 de março de 2010

7ª Edição do Diploma Mulher-Cidadã Leolinda de Figueiredo Daltro



A deputada Inês Pandeló, Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), tem o prazer de convidar para a Sessão Solene comemorativa do Dia Internacional da Mulher e entrega do Diploma Mulher-Cidadã Leolinda de Figueiredo Daltro. A realizar-se às 10h, do dia 12 de março de 2010, no Plenário Barbosa Lima Sobrinho do Palácio Tiradentes.
Entre as homenageadas da 7ª Edição do Diploma Mulher-Cidadã Leolinda de Figueiredo Daltro está a Secretária Especial de Política para as Mulheres do governo federal, Nilcéia Freire. Além do Diploma, serão oferecidas Moções de Louvor, pela participação ou por trabalhos desenvolvidos na questão de gênero a diversas outras grandes mulheres de grande atuação em várias regiões do estado.

A educadora baiana Leolinda de Figeuiredo Daltro trabalhou com grupos indígenas em Goiás, foi precursora do movimento feminista no Brasil, fundou no Rio de Janeiro, o Partido Republicano Feminino, em 1910, além de ter sido responsável pela mobilização, em 1917, que reuniu quase cem mulheres, em marcha pelas ruas do Rio de Janeiro pelo direito ao voto.

A ALERJ fica na Rua Primeiro de Março, s/nº – Praça XV
Centro – Rio de Janeiro – RJ.


CEPRO – Um projeto de cidadania, educação e cultura em Rio das Ostras


Avenida das Flores, nº 394 – Bairro Âncora
Rio das Ostras – RJ
Telefone: (22) 2760-6238 / (22) 9834-7409
Siga o CEPRO no Twitter: http://www.twitter.com/CEPRO_RJ